PlayMaker Scouts Brasil
28 de outubro de 2020

Entrevista exclusiva com Massimiliano Mangraviti

Quando falamos do Brescia, naturalmente nos lembramos de Mario Balotelli e Sandro Tonali. Atualmente na última colocação da Serie A, a equipe agora comandada pelo uruguaio Diego Lopez, conta com o talento de algumas pratas da casa para se livrar da zona que se encontra. Um dos nomes que vem demonstrando um bom crescimento, é o do zagueiro Massimiliano Mangraviti, nato e crescido em Brescia, certamente uma jóia da terra da bota.

No Brescia há mais de 10 anos, o defensor de 22 anos impressiona por conta da sua calma e boa qualidade técnica, o que se explica uma vez que o mesmo iniciou sua carreira como meio campista. Após experiências na Serie C, o defensor vem sendo boa opção no banco da equipe da Lombardia. Num período de pouco menos de 6 meses, o jovem foi de um Gozzano x Arzachena pela Serie C à um Brescia x Inter, jogo que marcou sua estréia na elite do futebol italiano. Em entrevista exclusiva, Mangraviti nos contou um pouco da sua trajetória até aqui, seu crescimento, corona, Balotelli e mais! Confira abaixo :

Ficha técnica

Nome : Massimiliano Mangraviti
Nascimento : 24/01/1998
Local : Brescia – IT
Altura : 1,88m
Peso : 79kg
Pé : Canhoto
Posição : Zagueiro
Posição secundária : Lateral-Esquerdo e Volante
Valor de mercado (Transfermarkt) : €200K
Atual temporada : 7 jogos, todos na Serie A (523 minutos)

Ficha técnica

Nome : Massimiliano Mangraviti
Nascimento : 24/01/1998
Local : Brescia – IT
Altura : 1,88m
Peso : 79kg
Pé : Canhoto
Posição : Zagueiro
Posição secundária : Lateral-Esquerdo e Volante
Valor de mercado (Transfermarkt) : €200K
Atual temporada : 7 jogos, todos na Serie A (523 minutos)

CARACTERÍSTICAS de Massimiliano Mangraviti

“Sou um defensor central canhoto, sou muito bom tecnicamente, tenho um bom físico, gosto de armar o jogo desde o início, tenho um bom lançamento e sou cuidadoso taticamente”. – avaliou

Massimiliano Mangraviti

ESTRÉIA NA SERIE A CONTRA A INTERNAZIONALE

“Acho que foi um dia que vou lembrar para sempre, porque fiz minha estréia na Série A com o time da minha cidade, com o estádio lotado de pessoas e eu marquei jogadores que até alguns dias antes do jogo eu utilizava no PlayStation… Foi uma realização linda! Depois do jogo fiquei muito feliz, mas não muito, porque tínhamos perdido por 2 a 1 apesar de termos feito um bom jogo em equipe”. – refletiu

DA SÉRIE C à A EM POUCOS MESES

“Sou sincero não esperava esse salto. No início eu iria fazer o retiro (pré-temporada) com o Brescia e depois ser emprestado, depois por conta de uma série de coisas acabei permanecendo”. – explicou

JOGADOR MAIS DIFÍCIL DE SE JOGAR CONTRA :

“O jogador rival que mais me impressionou foi certamente o Iličić, da Atalanta“. – opinou

MUDANÇA DE POSIÇÃO

“Até o fim do primeiro ano no Primavera (U19) eu sempre atuava como meio-campista, então, no ano seguinte com o Mister Brocchi na equipe profissional eu comecei no meio-campo, depois de alguns meses um zagueiro se machucou e o treinador precisou de um defensor nos treinamentos e começou a me testar na posição. Todavia, o mister viu que eu estava indo bem e me deixou lá”. – declarou

VERSATILIDADE NO FUTEBOL ATUAL

“É definitivamente uma coisa muito útil hoje em dia para um Mister, ter um jogador que pode fazer várias funções. Sim, posso dizer que já fiz todas as funções da defesa, seja numa defesa com 5 ou 4 homens, e, algumas vezes eu já fiz a lateral-esquerda quando necessário. Se o Mister, por algum motivo precisar de um jogador no meio-campo, eu ainda sou capaz de atuar ali”. – completou

 

FUTEBOL BRASILEIRO E MARIO BALOTELLI

“Não conheço muitos times, conheço Flamengo, Santos e Palmeiras porque de vez em quando falo com Romulo e Curcio! Tenho uma boa relação com Balotelli, certamente muitas vezes me dá conselhos, ele é uma pessoa muito humilde e que sempre quer brincar com todo mundo”. – afirmou.

COVID-19 E FORMA FÍSICA

“É definitivamente uma situação difícil e às vezes mentalmente também é estressante, mas toda vez que penso em como sou sortudo por me sentir bem e ter minha família que está bem e está em casa! Para manter a forma estou treinando duas vezes por dia, de manhã faço muita academia, tento fazer exercícios que durante a temporada esportiva você faz menos, para assim melhorar em tudo. À noite eu corro no jardim e faço circuitos de corpo livre, junto com minha namorada em videochamada…. tudo isso seguindo uma dieta para manter meu peso ideal”. – refletiu

SONHOS

“Meu sonho é jogar um dia a Champions. Contudo, e ser convocado para a seleção nacional”. – revelou

BRESCIA E VISÃO SOBRE OPORTUNIDADES DADA AOS JOVENS PELOS CLUBES ITALIANOS

“O Brescia é certamente um clube que sabe trabalhar com os jovens, e isso é muito importante para mim. Está investindo muito no setor juvenil e nas estruturas. Eu acho que na Itália muitos clubes preferem contratar jogadores do exterior ao invés de ter paciência em esperar pelos jovens e preferem enviá-los por empréstimo, enquanto que às vezes não é nem mesmo fácil para um jogador continuar mudando de equipe a cada ano. Mas, também é necessário de se dizer que nos últimos anos eu vi esse aspecto melhorar pelos clubes italianos, e na minha opinião este é o caminho certo, especialmente para começar de novo após esta emergência que estamos vivendo”. – analisou

 

 

Texto feito pela equipe da Calcio Brasil.

Mais stats do Calcio no site oGol.

PlayMaker Noticias Sports