PlayMaker Scouts Brasil

NBA DRAFT ! O que é? Como funciona?

A temporada 18/19 da NBA terminou na última semana e o Toronto Raptors se tornou campeão. Certamente muita gente já se perguntou sobre o evento que vem após o título, na pré-temporada da NBA. Traremos com detalhes como funciona o NBA Draft, o evento em que os 30 times de toda a Liga pode recrutar jogadores que são elegíveis para a competição.

O primeiro NBA Draft ocorreu em 1947, Clifton McNeely ostenta o título de primeiro escolhido da história do evento. Contudo, jamais se tornou profissional. Posteriormente tornou-se técnico.

Regras do NBA Draft

Em suma maioria os escolhidos ou elegíveis são jovens que completam 4 anos na universidade, obviamente não é uma regra fixa. Em alguns casos antes mesmo de completar 4 anos o jogador pode se declarar elegível e com isso abrir mão do restante da universidade.

Até 2006, os jogadores do ensino médio do 2º ano em diante eram também elegidos. Contudo, após 2006 essa regra foi alterada.

Jogadores internacionais com ao menos 22 anos de idade são automaticamente elegíveis para a seleção; menores de 22 anos devem declarar sua elegibilidade. O draft da NBA geralmente ocorre no final da Junho, durante a pré-temporada da NBA. A seleção consiste em duas rodadas, onde um total de sessenta jogadores são selecionados.

  • Ter completado 19 anos no ano do DRAFT pelo menos
  • Terminado o Ensino Médio há pelo menos 1 ano
  • Ter atuado em algum time de basquete Universitário/Profissional/Elegível

Loteria NBA Draft

A própria organização realiza a loteria anualmente. A principio os times que não se classificam para os playofffs da temporada participam de uma loteria para definir a ordem das escolha. O vencedor tem o direito de escolher o primeiro jogador, todavia, isto ocorre para que o time de pior desempenho no ano anterior possa se reforçar adequadamente no ano seguinte.

Antes da introdução da loteria em 1985, a primeira geral era dada ao time com o pior resultado da liga até 1966, e decidida em uma Cara ou coroa entre os últimos colocados de cada divisão (o equivalente às atuais conferências) entre 1967 e 1984.

A partir de 1989, passou a ser empregado uma máquina com 14 bolinhas numeradas, ainda mais similar a bingo ou loteria. Todavia, quatro bolinhas eram sorteadas, e a combinação resultante (de mais de mil, designadas para os times participantes de forma que os piores classificados tenham mais números) determina o vencedor.

Posição na temporada regular Combinações Chances de 1ª escolha 
30 250 25%
29 199 19,9
28 156 15,6
27 119 11,9
26 88 8,8
25 63 6,3
24 43 4,3
23 28 2,8
22 17 1,7
21 11 1,1
20 8 0,8
19 7 0,7
18 6 0,6
17 5 0,5

As escolhas e as apostas

Geralmente as primeiras escolhas são os destaques das ligas universitárias ou de ligas internacionais. Contudo, nem sempre isso é um tiro certo. A aposta no DRAFT podem definir a reabilitação ou não da franquia, embora seja muitas das vezes irrelevante, já que as contratações são bem limitadas e as grandes franquias esbanjam dinheiro.

LeBron James foi a primeira escolha em 2003 e desde a sua escolha vem brilhando ano após ano, embora tenha entrado em uma sequente onda de lesões. Todavia, há alguns outros nomes recentes que foram ”First Choice”. Kyrie Irving em 2011 pelo mesmo Cleveland Cavaliers de LeBron. Temos Anthony Davis em 2012 pelo New Orleans Pelicans.

Em 1984, tivemos o melhor DRAFT da história, a princípio. Certamente o mais premiado com Hakeem Olajuwon (1° geral), Michael Jordan (3°), Charles Barkley (5°) e John Stockton (16°), que foram eleitos para o Hall da Fama. Todavia,  todos são considerados entre os melhores de suas posições; todos levaram ouros olímpicos com a seleção dos EUA e jogaram no “Dream Team” da Olimpíada de 92 em Barcelona – certamente todos menos Jordan venceram os jogos de 1996 em Atlanta.

Bust

O Bust ou fracasso são os jogadores escolhidos em alta, normalmente entre os 10 primeiros que não correspondem a princípio.

Os especialistas de NBA nos Estados Unidos elegeram atualmente Sam Bowie, do Draft de 1982 como o maior Bust de todos os tempos. Todavia, ele ficou em 2º nas escolhas, superando até Michael Jorgem entre os escolhidos. Outro muito falado como Bust é Anthony Bennet.

NBA Draft
Sam Bowie, o azarado (FOTO: NBA.com)

Steal

Steal é o contrário. Os Steals são jogadores adquiridos em rodadas mais avançadas e surpreendem as apostas. Salvo, alguns internacionais que já possuem destaques em outras ligas.

Contudo, os Steals mais famosos de todos os tempos dividem mais opiniões. Certamente Jason Kidd pelo Mavericks e John Stockton com o Jazz são os mais votados. Afinal, todos os dois estão no Hall da Fama.

Jason Kidd, lenda de um dos sequentes Dream Teams dos EUA nos Jogos Olímpicos e Kobe Bryant (FOTO: NBA.com)
NBA Draft
Stockton é sem dúvidas o maior jogador de todos os tempos dos Jazzs, fez parte do tão famoso Draft de 1984 (FOTO: Getty Image)

Trade

Alguns casos de trades são os jogadores que são adquiridos por meio do Draft e logo são negociados em troca de outros nomes de times que não puderam escolher o jogador. Certamente como uma barganha.

Ainda que não sejam certezas, os DRAFTs são valiosos nesse momento de trocas.

Contudo, alguns casos são surpreendentes, já que em algumas situações as franquias não utilizam o jogador em nenhum jogo.

 

Confira a nossa primeira jornada na NFL com o texto da Payton Mahomes. Certamente uma parceria de sucesso.

Aliás, também confira também nossa parceria com a Calcio Brasil, outra parceria que certamente será um impacto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PlayMaker Noticias Sports