PlayMaker Scouts Brasil

SLS Supercrown e a magnífica participação feminina

Supercrown

Em 2015 Kelvin e Leticia foram os brasileiros vencedores de uma das etapas do torneio.

A presença brasileira no SLS Supercrown feminino foi marcada por três skatistas: Pamela Rosa, 19, Raissa leal, 12 e Gabriela Mazetto de 20 anos.

Em um ano anterior a primeira Olimpíada que contará com o skate, vemos uma forte crescente de atletas a competirem, tendo grande destaque competitivo.

A participação feminina no Supercrown

Raissa Leal, conhecida por muitos por um vídeo que viralizou, aonde vestida de fada andava de skate, com seus 12 anos já ganhou uma etapa do street league, hoje, liderou por 2 pontos de distância a primeira parte do Supercrown.

Gabriela Mazetto fechou a primeira parte com notas 1.8 e 2.2, depois na terceira tentativa de cinco, no Best Trick (aonde conta apenas uma manobra e não uma linha completa), conseguiu um incrível BS Smith, enquanto a competição parecia estar mais perto das outras duas brasileiras. Pamela e Raissa competiam com a atual campeã, Nishimura, em um desempenho de alto nível emocionante, com manobras feitas de forma perfeita.

Alcançando notas 7.8 e 7.2, Pamela e Raissa, respectivamente, tiveram as maiores notas e nos garantiram uma dobradinha. Sendo Pamela, a campeã e Raissa a vice. Durante toda a competição as duas ganharam todas as etapas, Pamela a primeira etapa, Raissa a segunda e agora a última no Brasil.

A etapa deveria acontecer no México, contudo, por problemas de logística o evento não ocorreu por lá. Desde o último dia 16 de Setembro a etapa de São Paulo do Supercrown vem balançando o Pavilhão de Exposições do Anhembi.

Supercrown teve uma boa base brasileira este ano

O skate brasileiro foi representado por 30 atletas no World Skate Street League Skateboarding World Championship. Onze skatistas chegaram entre os pré-classificados por figurarem entre os 20 melhores do ranking mundial. Os demais 19 representantes do Brasil entraram via wildcard da World Skate ou indicação da Confederação Brasileira de Skate.

Em janeiro, a final do circuito de 2018 da SLS foi realizada no Rio de Janeiro, certamente uma das mais belas dos últimos circuitos. Leticia Bufoni e Kelvin Hoefler ficaram com o segundo lugar e Felipe Gustavo foi o terceiro.

Supercrown
Em 2015 Kelvin e Leticia foram os brasileiros vencedores de uma das etapas do torneio.

Street League São Paulo ao vivo

Como em outras competição da SLS, a Street League São Paulo teve transmissão ao vivo. Todavia, para assistir, é só acessar o site da SLS ou o canal deles no YouTube.

Texto de Andrey Oliveira

Confira nossa cobertura sobre a NBA.

E também nosso breve texto sobre Pep Guardiola por Rony Corona, certamente uma das maiores contribuições ao site.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PlayMaker Noticias Sports